orquideas

Como Plantar Orquídeas?

Como plantar orquídeas?  Muitas pessoas me fazem essa pergunta quando veem os variados tipo de orquídeas no meu jardim.

Muitos acreditam que plantar orquídeas é difícil, porém é bem mais simples que se imagina. Plantar orquídeas é gratificante, ajuda a desestressar e nos motiva. Não existe motivos para que você não plante orquídeas e nesse artigo vou ensinar o passo-a-passo para você começar. Vamos lá!


O que você precisa para plantar Orquídeas?

Para plantar sua orquídea não é preciso muito. Apenas é necessário que você siga esses passos para que o resultado seja incrível!


 

1 Vaso 

orquidea-vaso-de-orquidea

 

A maior parte das orquídeas pode ser plantada em vasos, cuja profundidade deve ser, pelo menos, de dois dedos maior que o bulbo.

Não plante em vasos muito grandes, pois eles absorvem muita água, apodrecendo a orquídea.


 

Tesoura, arame e plástico

Para que você retire as raíes mortas e defeituosas da muda, é necessário que você tenha uma tesoura. As raízes ocas ou escuras deverão ser cortadas.

A estrutura da orquídea que estiver adequada deverá ser sustentada por estacas que podem ser um arame ou um plástico. O ideal é deixar a sua muda de orquídea segura.

*Dica: antes de usar a tesoura, esquente-a para evitar a transmissão de doenças. Sim! As plantas também adoeçem.


Onde devo plantar a orquídea?

melhor-terra-orquidea

Muitas pessoas acreditam que podem plantar sua orquídea em qualquer terra, porém ao escolher o substrato adequado, você obtem melhor resultado com sua muda, resultando em flores mais bonitas e saudáveis.


 

Como saber qual o melhor substrato?

Os substratos ideias para o plantio de orquídeas devem ser capazaes de sustentar a planta, ao mesmo tempo que, fornecam nutrientes, ajudem na drenagem da água e mantenham a umidade.

A melhor opção é o substrato que melhor se pareca com ambiente natural da orquídea. Veja a tabela abaixo e saiba quais são os melhores materias para você usar:

 

      Principais substratos para orquídeas:
  • Fibra de coco – É um excelente material e muito barato. Ajuda na fixação da planta, fornece alguns nutrientes, permite boa aeração. Mas absorve pouca água, aumentando a freqüência das regas necessárias. Antes do uso, deixe de molho por 1 dia na água.
  • Casca de pinus – Material relativamente barato, com características muito boas. Permite boa aeração e ajuda na fixação da planta devido à sua rugosidade, também fornecendo alguns nutrientes. Também seca muito rápido, exigindo regas mais freqüentes.
  • Esfagno – É obtido de musgos importados, sendo um material caro. Sua principal característica é a grande retenção de água, podendo-se reduzir o número de regas. Também fornece grande quantidade de nutrientes.
  • Carvão – É o carvão de churrasco, extremamente barato. Sua principal função é a de reter a umidade e garantir boa aeração.
  • Pedra britada ou argila expandida – São muito baratos e servem tanto para drenagem (no fundo dos vasos) como em mistura no substrato.
  • Xaxim – Seu uso é hoje proibido, pois era extraído de uma samambaia em extinção da mata nativa brasileira. Era considerado o melhor substrato, com todas as boas características e bom fornecimento de nutrientes.

Mais uma dica: orquídeas são plantas rústicas, se adaptam bem em diversos locais, você mesmo pode fazer suas misturas dos materias acima, sempre atento se o material que você está fazendo segura a umidade, sustenta a planta e forneça nutrientes.

Tente fazer seu próprio substrato, arrisque misturar fibra-de-coco com cascas de pinus. Essa mistura tem dado excelente resultados. :)

Com qual tipo de orquídea devo começar?

 

muda-de-orquidea

 

Agora que você tem os materiais necessários para começar o plantio da orquídea, falta o fundamental: a muda!

Muitas pessoas têm dúvidas sobre qual espécie de orquídea devem começar, afinal, há uma variedade imensa de flores e cada uma dela tem suas características.

Por esse motivo separei quais são as mlhores espécies de orquídeas para cada região. Veja:

  • Para quem mora no Sul do Brasil

aspasia-lunata-(2)

Para quem mora no Sul do país, a melhor espécie para começar é Aspásia (Aspasia lunata). Ela é nativa do Brasil e se adapta bem ao clima do Rio Grande do Sul, Paraná    e Santa Catarina.

  • Para quem mora no Centro-Oeste

 

encyclia_megalanta_mont

 

Para quem mora no Centro-Oeste, aposte na Encíclia  (Encyclia). Essa espécia consegue produzir até 60 flores, apresneta flores pequenas e algumas são capazes de produzir agradáveis aromas.

 

 

  • Para quem mora no Sudeste

cymbidium

Para o Sudeste a orquídea que melhor se adpta ao clima é a Cimbídium (Cymbidium). Esse gênero é um dos mais comercializados no Brasil e admirados pelos brasileiros.

  • Para quem mora no Nordeste

240px-Cyrtopodium_cristatum_-_fl

 

A Cirtopódium (Cyrtopodium) se adapta bem ao clima do Nordeste. Trata-se de um gênero bastante resistente, necessita de alta luminosidade e um grande período de insolação, além de grande aeração para um bom desenvolvimento.

  • Para quem mora no Norte

images

Para o climea úmido do Norte do Brasil, as  Cocheleantes (Cochleanthes amazonica) são fáceis de cultivar, florescem regularmente em clima ambiente sombrio, altamente úmido, com temperatura amena.


 

Gostou das nossas dicas?

 

Read More